• Sobre 320.000 Anos
  • Contato

Ora ora, uma música que fez muito sucesso com uma banda que sempre cantou o óbvio.

O que seria de deus sem o diabo? Um alter ego é a grande conveniência daquele que se colocou como deus e usa a sua outra face para se esconder das sujeiras que faz, o diabo.

Lembram do que é Oni? Onisciente, Onipresente e Onipotente.

Confira aqui: https://reversaohumana.com.br/uma-realidade-desconcertante/

The Roling Stones cantando “Sympathy for the Devil” (Simpatia pelo Diabo).

Confira a letra traduzida:

Por gentileza me permita que eu me apresente
Sou um homem de fortuna e requinte
Estou por aí já faz alguns anos
Roubei as almas e a fé de muitos homens

E eu estava por perto quando Jesus Cristo
Teve seu momento de duvida e dor
Fiz a maldita questão de garantir que Pilatos
Lavasse suas mãos e selasse seu destino

Prazer em lhe conhecer
Espero que adivinhe o meu nome
Mas o que lhes intrigam
É a natureza do meu jogo

Eu aguardei em São Petersburgo
Quando percebi que era hora para mudanças
Matei o Czar e seus ministros
Anastácia gritou em vão

Rodei com um tanque
Usei a patente de general
Quando a Blitzkrieg* urgiu
E os corpos apodreciam

Prazer em lhe conhecer
Espero que adivinhe o meu nome
Mas o que lhe intrigam
É a natureza do meu jogo

Assisti com orgulho
Enquanto seus reis e rainhas
Lutaram por dez décadas
Pelos deuses que eles criaram

Gritei bem alto
“Quem matou os Kennedys? ”
Quando afinal de contas
Foi apenas você e eu

Permita-me por gentileza me apresentar
Sou um homem de fortuna e requinte
Deixei armadilhas para ministreis
Que morreram antes de chegarem a Bombaim

Prazer em lhe conhecer
Espero que adivinhem o meu nome, oh yeah
Mas o que lhes intrigam
É a natureza do meu jogo

Prazer em lhe conhecer
Espero que adivinhem o meu nome, oh yeah
Mas o que lhes confunde
É a natureza do meu jogo

Assim como todo policial é um criminoso
E todos os pecadores Santos
Como cara é coroa
Basta me chamar de Lúcifer
Pois estou precisando de alguma restrição

Então se me conhecer
Tenha alguma delicadeza
Tenha a simpatia, e algum requinte
Use toda sua educação bem aprendida
Ou deitarei sua alma para apodrecer

Prazer em lhe conhecer
Espero que adivinhem o meu nome, oh yeah
Mas o que lhes intrigam
É a natureza do meu jogo

Woo, quem
Oh yeah, se abaixe
Oh yeah
Oh yeah!

Diga-me baby, qual é o meu nome
Diga-me doçura, qual é o meu nome
Diga-me baby, qual é o meu nome
Lhe digo uma vez, é sua culpa

Oh, quem
woo, woo
Woo, quem
Woo, woo
Woo, who, quem
Woo, who, quem
Oh, yeah

Qual é o meu nome
Diga-me, baby, qual é o meu nome
Diga-me, doçura, qual é o meu nome

Compartilhar
error:
×