• Sobre 320.000 Anos
  • Contato

Em 12 de outubro de 2020, veio à tona o que muita gente gostaria de saber:

Nas escavações da construção da linha férrea que percorrerá os principais pontos de manifestação de culturas antigas, assim como, lugares pouco explorados, foram encontradas diversas esculturas que relacionam a civilização Maia com imagens de alienígenas.

As imagens das esculturas foram divulgadas pelas redes sociais, dizendo que teriam sido encontradas durante as escavações para a construção do Trem Maia, no estado de Quintana Roo.

Esses resquícios das civilizações antigas podem ser encontrados em vários lugares ao longo do México. Da capital – Cidade do México – até o mega templo localizado ao lado do mar caribenho na Península de Yucatán.

Clique em cada imagem para ampliar e contemplar os detalhes das esculturas:

O que era de se esperar já está em ação: Alguns “especialistas” já começaram o trabalho de contra-informação, dizendo que as esculturas são contemporâneas e nada tem a ver com a cultura Maia. Podemos observar nos detalhes de algumas fotos, que elas foram tiradas quando as esculturas estavam passando por processos de limpeza e transporte. Nas imagens podemos ver algumas esculturas que ainda não foram completamente limpas, ou seja, são fotos bem recentes.

O trabalho de acobertamento e contra-informação começou logo que as descobertas foram comunicadas às autoridades mexicanas. Este foi o motivo da divulgação informal das imagens das esculturas através das redes sociais.

Como sempre, eles não querem que as pessoas sejam informadas da descoberta que traz esclarecimentos sobre os “deuses” que estão por trás de todas as culturas, religiões, credos e toda forma de espiritualidade. O que muitos imaginam ser “espíritos evoluídos”, na verdade são seres multidimensionais.

Os “controladores” da civilização Maia são os mesmos dos seres que tiveream seus restos mortais encontrados em Nazca, Peru, América do Sul.  Recomendo que você assista o documentário chamado as Múmias de Nazca e veja as evidências relacionadas com estas estátuas encontradas recentemente.

 

O Trem Maia:

O projeto do Trem Maia teve início em 2018, pelo presidente do governo mexicano, Andrés Manuel López Obrador, e foi desenvolvido pelo Fondo Nacional de Fomento al Turismo (FONATUR).

São mais de 1.500 km a ser percorrido ao longo da península habitada anteriormente pela civilização Maia. Ao todo serão 17 paradas pelos estados sudeste mexicano, onde se guardam mais presente a cultura Maia: Tabasco, Campeche, Chiapas, Yucatán e Quintana Roo.

Assista o documentário: AS MÚMIAS (REPTILIANAS) DE NAZCA e constate a relação com esta notícia.

 

 

 

Compartilhar
error:
×