• Sobre 320
  • ASSINATURAS
  • Contato
  • Temas
  • ASSINATURAS
  • Contato

Uma senha sera enviada para seu e-mail

Esta vacina não fornece necessariamente anticorpos para o vírus. Esta vacina não o protege necessariamente da infecção. Esta vacina não o protegerá de doenças graves e morte.

É o que diz o pediatra Lawrence Palevsky em entrevista com Elizabeth do canal “Refuge of Sinners”.

Eles dizem abertamente que a vacina não o impedirá de se contaminar com o vírus ou transmitir a doença. Portanto, por definição, não é uma vacina, enfatiza Palevsky.

Então o que é? Poucas pessoas no mundo realmente leram as patentes das empresas que fizeram essas vacinas. “Eles chamam isso de terapia genética. Eles chamam de sistema operacional.”

O pediatra diz que alguns colegas descobriram que os fabricantes de vacinas se referem à vacina nas patentes como uma arma biológica.

Em novembro de 2020, Palevsky foi perguntado em um podcast o que ele achava das vacinas, que estavam em desenvolvimento. “Eu chamo isso de arma do crime”, disse o pediatra.

De acordo com Palevsky, a proteína spike que o corpo produz após a vacinação é a culpada. Ele diz que a vacina pode levar a problemas de coagulação do sangue, mortes, abortos espontâneos, infertilidade, derrame, ataques cardíacos e doenças autoimunes.

Cada vez mais pessoas não vacinadas desenvolvem sintomas após entrarem em contato com pessoas vacinadas. O Dr. Palevsky explica que pessoas vacinadas podem transferir suas proteínas spike para pessoas não vacinadas e podem causar efeitos colaterais fatais nelas também.

 

 

 

Compartilhar
error:
×