• Sobre 320
  • ASSINATURAS
  • Contato
  • Temas
  • ASSINATURAS
  • Contato

Uma senha sera enviada para seu e-mail

A Organização Mundial da Saúde finalmente admitiu o que o resto de nós sabe há dois anos – que o COVID-19 vazou de um laboratório chinês.

Por dois anos, a grande mídia e a Big Tech silenciaram cruelmente qualquer pessoa que tentasse discutir as evidências de que o COVID se originou de um laboratório em Wuhan, China.

Agora, de repente, a OMS está admitindo que a teoria do vazamento de laboratório é digna de uma análise séria e diz que ainda faltam várias peças importantes no quebra-cabeça da origem.

É difícil dizer por que essa mudança brusca de atitude ocorreu, mas agora é muito difícil negar os fatos.

Há algum tempo vêm se acumulando evidências de que o vírus foi, no mínimo, persuadido a existir por meio de processos de mutação, se não for totalmente projetado. O Covid-19 é uma correspondência de 96% com uma amostra de vírus coletada e mantida no laboratório de Wuhan por vários anos. Essa mesma cepa de vírus não existe naturalmente em nenhum lugar perto de Wuhan, apenas no laboratório, e a discrepância de 4% pode ser explicada pelo ganho de pesquisa de função.

Essa pesquisa é agora um FATO confirmado e foi financiada por Anthony Fauci, o NIH, NIAID e instituições relacionadas por anos.

A única “evidência” para apoiar a teoria do mercado úmido da origem da covid vem do governo chinês, que tem interesse em mentir sobre a situação e ainda não divulgou dados precisos sobre mortes por covid no país. A alegação foi essencialmente desmascarada por pesquisadores chineses quando vários casos de infecções precoces foram descobertos entre pessoas que não tiveram contato com o mercado em Wuhan. Extensas evidências agora apoiam a teoria do vazamento de laboratório, um argumento feito pela mídia alternativa durante todo o curso da pandemia e pelo qual fomos constantemente atacados.

A OMS realmente admitirá que o cenário mais provável para o surto de covid é um vazamento de laboratório do enorme laboratório de virologia de nível 4 em Wuhan, especializado em pesquisa de ganho de função de covid?

Não, eles não vão.

Mas, agora eles tentarão agir como se estivessem entretendo a ideia, porque se não o fizerem, perderão toda a credibilidade no processo. Muitos pesquisadores argumentam que já é tarde demais para isso.

A grande mídia continua a perpetuar inúmeras falsidades em torno da covid e construiu uma narrativa complexa de suposições e desorientações para negar a realidade. Com o passar do tempo, mais e mais da narrativa original desmorona.

 

 

 

Compartilhar
error:
×