• Sobre 320.000 Anos
  • Contato

Série “DESINTELIGENCIANDO”, tirinha 002.

A Terra não é “completamente” oca como dizem muitas especulações pela internet. A ciência especula que o núcleo tem uma temperatura média de 6.000°C e é composto por vários metais, principalmente o ferro. Ledo engano. Na realidade esta temperatura é causada por um gigantesco cristal azul (Núcleo Cristalino) numa localização estratégica no interior da Terra (sabemos que as cavernas com grandes cristais têm altíssima temperatura).

Nos polos extremos do planeta temos entradas oceânicas – que parecem grandes ralos – que “escoam” as águas para dentro do planeta. Na verdade é um sistema permanente de circulação e renovação das águas com necesários processos de filtragens que permite o retorno à superfície através das fontes por todo planeta.

Assim como o rim humano filtra as impurezas do sangue que corre em nossas veias, este núcleo, além de muitas outras funções, dessaliniza a água marinha. Em seguida a água segue para os aquíferos e depois retorna através das milhões de fontes ou minas de água por todo planeta. A água da chuva é sempre a dosagem de complemento que se perde neste processo constante, nos usos humanos e da natureza e também pela temperatura climática/calor.

Lembre-se que o sal é cristal e todo cristal transmuta (purifica) as energias vibratórias de um corpo, portanto, o sal é vital para corpo da Terra. Da mesma forma o seu corpo humano depende do sal muito mais do que a ciência humana registrou.

Obs.: Este é um trecho do livro que está em desenvolvimento chamado “O CORPO DA TERRA” de Anthonio Magalhães. As semelhanças de funcionamento com o seu corpo físico e demais corpos são fantásticas e encantadoras.

Compartilhar
error:
×