• Sobre 320.000 Anos
  • Contato

Heliocentrismo: É o nome do modelo estrutural cosmológico que coloca o Sol no centro do universo. A palavra vem da junção dos vocábulos gregos Helios – Sol e Kentron – centro. … Pela teoria do heliocentrismo, o Sol permanece estacionado no centro do universo orbitado por planetas e demais corpos celestes.

Geocentrismo: Também chamado de sistema ptolomaico, foi elaborada pelo astrônomo grego Claudio Ptolomeu no início da Era Cristã, defendida em seu livro intitulado Almagesto. Conforme essa teoria, a Terra está no centro do Sistema Solar, e os demais astros orbitam ao redor dela.

Helicoidismo: É o movimento de um sólido que gira em torno de um eixo fixo, deslocando-se ao longo desse eixo em forma de hélice, ou semelhante a uma hélice. O exemplo do parafuso é um eixo com um sulco ou uma linha [[helicoidal]] dada forma em sua superfície.

Os humanos aceitam que as estações do ano representam certas características climáticas enquadradas a cada 4 meses dentro de 12 meses – 01 ano, porém, seu calendário é limitado ao giro completo da Terra ao redor do Sol.

Os movimentos da Terra e do Sol não se limitam ao período de 12 meses de acordo com a contagem do tempo da Terra.

Veja isso:

É POR ISSO QUE TEMOS ANOS BISSEXTOS (essa teoria é uma farsa)

Significado de ano bissexto: Chama-se ano bissexto o ano ao qual é acrescentado um dia extra, ficando com 366 dias, um dia a mais do que os anos normais de 365 dias, ocorrendo a cada quatro anos. Isto é feito com o objetivo de manter o calendário anual ajustado com a translação da Terra e com os eventos sazonais relacionados às estações do ano.

Por que o ano bissexto é uma manipulação?

Porque os calendários futuros não “coincidiriam” com as estações do ano conforme nos impuseram, ou seja, elas seriam cada vez mais diferentes a cada ano.

Esta foi uma teoria para mascarar as reais mudanças cíclicas que ocorrem em ciclos maiores que as estações do ano que são de 4 meses cada.

Hoje, na prática, as estações não estão de acordo com a teoria bissexta, pois nos meses de verão as temperaturas estão cada vez mais baixas devido à distância e posição do sol dentro de outros ciclos que a ciência humana ignora.

Na prática, hoje, temos as estações completamente diferentes da teoria bissexta.

Os especialistas culpam as ações do homem como responsáveis pelas mudanças climáticas, quando deveriam enxergar que há outros ciclos maiores e que, de fato, mostram as verdadeiras estações que não se limitam a 1 ano/4 meses cada.

Agora está claro pra você porque as estações estão diferentes da teoria bissexta imposta pela ciência dos humanos?

As tão faladas “mudanças climáticas” não são provocadas pelo homem, mesmo tendo ações estúpidas de poluições e devastações, ainda assim não são suficientes para alterar o que ocorre naturalmente num ciclo astronômico que envolve a Terra, todo este sistema solar, toda a Via Láctea e sua posição em relação a outras galáxias perante à estrela Alcyone.

((((((((((((((((((((((   X   ))))))))))))))))))))))

Neste artigo: INVERSÃO: AQUECIMENTO GLOBAL – REVERSÃO: UM PEQUENO PERÍODO GLACIAL que sugere que estamos a caminho de uma mini era glacial, e eu também concordo, ou seja, no sentido revertido aos que afirmam que a Terra terá sérios problemas por conta do aquecimento global.

É exatamente o movimento helicoidal do nosso sistema solar que explica a situação das estações do ano hoje. Tanto o nosso sistema solar e a nossa galáxia, movimentam-se para além do heliocentrismo, ou seja:

1- A Terra gira em torno do sol e tem um movimento helicoidal junto com os planetas deste sistema solar.

2- O sol junto com os planetas deste sistema solar giram em torno de Sírius A e se movimentam percorrendo a nossa galáxia em movimento helicoidal.

3- A nossa galáxia, junto com outras galáxias giram em torno de Alcyone em movimento helicoidal.

E assim os corpos que compõem corpos maiores se movimentam dentro e junto com outros corpos.

Até os cientistas humanos admitem e aceitam através de estudos e pesquisas, que ciclicamente a Terra entra numa mini era glacial. E é exatamente a posição da Terra, junto com este sistema solar, junto com a nossa galáxia e outras galáxias que formam uma distância de trajeto que se dá num ciclo de 52.000 anos. Agora, é justamente em determinada posição do percurso e nesta posição com o ápice do distanciamento do nosso Sol em relação a Sírius A e Alcyone, que promove uma mini era glacial na Terra, ou melhor, em todo o nosso sistema solar.

Não se trata de distância do calor, trata-se de distância da luz, da energia vital retransmitidas das fontes Alcyone e Sírius A.

Calma, eu estou vendo o seu cérebro travado, ele não alcança isso.

Em breve poderemos viajar para um pouco mais longe.

Compartilhar
error:
×